Última hora

Última hora

As startups que dão cartas no mundo da hotelaria

Tecnologia promete revolucionar hotéis no futuro

Em leitura:

As startups que dão cartas no mundo da hotelaria

Tamanho do texto Aa Aa

O simples a ato de abrir uma porta a alguém ou ajudar com a bagagem pode ter os dias contados. Pouco a pouco, a tecnologia tem vindo a invadir o quotidiano e o mundo da hotelaria não é exceção. A barreira linguística deixará de ser um obstáculo para quem viaja para o estrangeiro graças a este sistema de reconhecimento de voz e tradução automática.

O Mymanu trata-se de uma de três startups escolhidas pelo grupo Marriot para uma fase de testes nos seus hotéis, o gigante da hotelaria está atento ao futuro:

“Em dez anos o cliente chegará ao hotel e terá a escolha de se dirigir à receção ou diretamente para o seu quarto se já se tiver registado online. A chave estará no seu telemóvel” refere John Licence.

Além da Mymanu existem mais duas inovações, em testes em Madrid, Londres e Amesterdão. A Optishower, que monitoriza os consumos de água e eletricidade e premeia os clientes com comportamento amigo do ambiente com pequenos extras, como café grátis ou acesso gratuito à rede de internet.

E o HiJiffy, que recorre à inteligência artificial para assumir as funções de mordomo e responder a perguntas sobre o funcionamento do hotel ou assumir a gestão do serviço de quartos. O dia em que trabalharemos para um robot está mais próximo do que possa pensar…