Última hora

Última hora

Saad Hariri anuncia regresso a Beirute

Hariri, que justificou a demissão por temer pela própria vida, retorna ao Líbano onde vai clarificar a situação com Michel Aoun.

Em leitura:

Saad Hariri anuncia regresso a Beirute

Tamanho do texto Aa Aa

Saad Hariri vai voltar a Beirute, na próxima semana.

O primeiro-ministro do Líbano, que se demitiu durante uma visita à Arábia Saudita, há mais de duas semanas, fez o anúncio em Paris, após um encontro com o presidente francês, Emmanuel Macron.


Hariri, que justificou a demissão por temer pela própria vida, retorna ao Líbano onde vai clarificar a situação com Michel Aoun, que recusou aceitar a renúncia do chefe do Executivo enquanto permanecer fora do país.

“Vou voltar ao Líbano para celebrar o dia da independência e eu vou ter uma conversa com o presidente do Líbano, Michel Aoun. Nessa altura divulgarei a minha posição política. Como sabem, apresentei a minha renúncia. Assim sendo, vou fazer uma declaração, no Líbano, sobre o que se seguirá, depois de me encontrar com o presidente libanês”, afirma o primeiro-ministro demissionário.

A demissão inesperada de Saad Hariri preocupa a comunidade internacional que receia a eclosão de mais um conflito no Médio Oriente e uma nova guerra no Líbano.

O país tem sido usado pelo Irão, xiita, e Arábia Saudita, sunita, para medirem forças. Riade e Teerão lutam para aumentar a influência na região.