Última hora

Última hora

Goldman Sachs entre Paris e Frankfurt

O presidente executivo da Goldman Sachs, Lloyd Blankfein, afirmou que a instituição bancária passará provavelmente a ter dois pólos, um em Frankfurt e outro em Paris, depois de Brexit.

Em leitura:

Goldman Sachs entre Paris e Frankfurt

Tamanho do texto Aa Aa

Em entrevista ao jornal francês “Le Figaro”, o presidente executivo da Goldman Sachs, Lloyd Blankfein, afirmou que a instituição bancária passará provavelmente a ter dois pólos, um em Frankfurt e outro em Paris, depois de Brexit. A sua localização será definida pela equipa europeia do banco.

O responsável visitou as cidades alemã e francesa, nas últimas semanas, enquanto o banco norte-americano avança com os seus planos para lidar com a saída da Grã-Bretanha da União Europeia.

A Grã-Bretanha é, atualmente, casa da maioria das operações europeias da Goldman Sachs, onde tem cerca de 6.000 funcionários.

França intensificou os seus esforços para atrair bancos de Londres, no pós-Brexit, e graças à flexibilização das leis laborais que têm vindo a ser produzidas por Emmanuel Macron.