Última hora

Última hora

Oumuamua terá vindo de fora do nosso sistema solar

Com cerca de 400 metros de comprimento, o primeiro objeto interestelar detetado pelos cientistas é cerca de dez vezes mais comprido do que largo. Os investigadores admitem que tenha uma composição rochosa ou um elevado conteúdo em metais.

Em leitura:

Oumuamua terá vindo de fora do nosso sistema solar

Tamanho do texto Aa Aa

Detetado em outubro, o misterioso objeto em forma de charuto pode ser afinal originário de um outro sistema solar. Essa é pelo menos a convicção dos cientistas exposta num artigo publicado pela revista Nature.

A conclusão assenta, entre outros, na forma, no brilho e nos cálculos da órbita do asteroide Oumuamua como foi batizado e que significa Mensageiro.


Dois telescópios espaciais da NASA – Hubble e Spitzer – estão no encalce do primeiro objeto interestelar detetado pelos cientistas. Esta segunda-feira, o asteroide viajava a uma velocidade superior a 38 quilómetros por segundo e encontrava-se a cerca de 200 milhões de quilómetros da Terra. As observações vão continuar até que o asteroide seja praticamente indetetável, o que deve acontecer em meados de dezembro.