Última hora

Última hora

Robert Mugabe demite-se e Zimbabué celebra

Após o parlamento ter dado início ao processo de destituição unilateral, o presidente da assembleia leu a carta de demissão que põe fim a um regime iniciado em 1980

Em leitura:

Robert Mugabe demite-se e Zimbabué celebra

Tamanho do texto Aa Aa

Robert Mugabe demite-se do cargo de presidente do Zimbabué, de acordo com o porta-voz (“speaker”) do parlamento nacional.

A demissão do político de 93 anos coloca fim a um regime com quase quatro décadas. Mugabe estava na liderança do Zimbabué desde a independência em 1980 e acabou por aceder a deixar o cargo numa carta lida pouco depois dos deputados terem dado início ao processo de destituição unilateral.



O presidente da assembleia zimbabuana leu uma carta do até aqui presidente do país, na qual Mugabe anunciava a retirada “com efeitos imediatos” pelo “bem estar do povo do Zimbabué e a necessiadde de uma pacífica transferência de poder.”

Os presentes na câmara parlamentar aplaudiram e as ruas da capital Harare começaram a encher-se de pessoas.


A demissão acontece uma semana após os militares terem iniciado uma operação para retirar Mugabe da liderança do país, numa altura em que suspeitava estar em curso uma transferência direta do poder para a mulher, grace mugabe. Pelo meio, o presidente foi expulso da liderança do próprio partido, o ZANU-PF.


[Em atualização]