Última hora

Última hora

Tesouros Humanos da UNESCO morrem em acidente de autocarro

Em leitura:

Tesouros Humanos da UNESCO morrem em acidente de autocarro

Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos 11 idosos, considerados Tesouros Humanos vivos pela UNESCO morreram num acidente de autocarro, no sul do Chile.

O sinistro ocorreu no sábado, numa estrada que liga as localidades de Caracautín e Victoria, a cerca de 600 quilómetros ao sul da capital. No autocarro seguiam 45 passageiros, pelo menos 11 pessoas morreram e 17 ficaram feridas.

De acordo com as autoridades, o motorista terá perdido o controlo do veículo, que capotou.

Segundo a agência de notícias espanhola EFE, entre os passageiros estavam funcionários do Centro de Saúde da Família de Tirúa e membros da tribo indígena Mapuche. Os idosos foram classificados pela UNESCO como Tesouros Humanos vivos por praticaram a medicina ancestral Mapuche. Alguns dos falecidos exerceram a prática ancestral da composição óssea ou “Ngütamchefe”, tendo sido reconhecidos em 2014 por reunirem conhecimentos para corrigir fraturas, deslocações, entorses, entre outros.

A presidente do Chile, Michelle Bachelet, enviou as condolências às famílias das vítimas através do Twitter e lamentou a tragédia.

“Notícia infeliz sobre a o capotamento do autocarro em Victoria. As minhas mais profundas condolências às famílias das vítimas e a minha solidariedade com a comunidade de Tirúa”, escreveu Bachelet.