Última hora

Última hora

Feira de Natal causa atrito político em Bucareste

Presidente da Câmara da capital quer acabar com os protestos diante da sede de governo, mas um grupo de manifestantes invadiu o local e a mudança do mercado está a ser ponderada

Em leitura:

Feira de Natal causa atrito político em Bucareste

Tamanho do texto Aa Aa

Cerca de 300 pessoas, a maioria afetas à oposição, invadiram este sábado a Praça Vitória, em Bucareste, na Roménia, para impedir a montagem de uma feira de Natal num local utilizado frequentemente por protestos anticorrupção e contra o executivo liderado por Mihai Tudose.

A praça fica diante da sede do Governo e a autarca da capital romena, a também social-democrata Gabriela Firea, pretende acabar com os protestos naquele local.

Um manifestante assumiu à ROTVR o descontentamento com o governo local, disse estar a perder direitos e recusa perder também a praça, tendo apelado a mais resistência popular.

Devido à intervenção dos manifestantes, a montagem do mercado do Natal na Praça da Vitória, em Bucareste, foi suspensa e os materiais recolhidos.

Pelo menos três manifestantes terão sido detidos pela polícia. Um deles por agressão.

Perante as críticas até do próprio Partido Social Democrata, com o primeiro-ministro a considerar "pouco inspirada" a ideia do mercado de Natal para bloquear a zona de protestos, a presidente da câmara não reagiu bem e já se fala em crise no seio do partido.

Apesar de tudo, Gabriela Firea terá aceitado mudar o local da Feira de Natal de Bucareste.