Última hora

Última hora

"Fábrica de nada" galardoada em Turim

O filme do realizador português Pedro Pinho venceu o prémio dos jornalistas no Festival de Cinema de Turim, marcado também pelo êxito do filme israelita "Don't Forget Me".

Em leitura:

"Fábrica de nada" galardoada em Turim

Tamanho do texto Aa Aa

O filme israelita "Don't Forget Me" venceu ontem a 35a edição do festival de cinema de Turim.

A história de amor, no bloco psiquiátrico do hospital de Jerusalém, entre uma rapariga anoréxica e um músico psicótico, arrebatou igualmente o prémio de melhor ator e melhor atriz principal.

Segundo o realizador Ram Nehari, "É um filme sobre pessoas, sobre uma rapariga anoréxica e um rapaz psicótico. Através dos seus olhos podemos ver Israel como um sítio confuso e psicótico".

Para a atriz, Moon Shavit, "A anorexia é um problema atual que afeta os mais jovens, não sei se é algo que vai melhorar ou piorar".

Entre os galardões do festival, o filme "Fábrica de Nada" do realizador português Pedro Pinho, venceu o prémio atribuído pelos jornalistas, somando mais uma distinção internacional.

O filme conta a história dos operários de uma fábrica que tentam salvar os postos de trabalho através da autogestão.