Última hora

Última hora

Governo venezuelano e oposição continuam à procura de um acordo

O governo venezuelano de Nicolas Maduro e a oposição concluiram, sábado à noite, uma primeira ronda de negociações na República Dominicana. Não chegaram a um acordo mas comprometeram-se a reunirem-se novamente no dia 15 de dezembro.

Em leitura:

Governo venezuelano e oposição continuam à procura de um acordo

Tamanho do texto Aa Aa

Governo e oposição da Venezuela vão voltar a reunir-se

O governo venezuelano de Nicolas Maduro e a oposição concluíram, sábado à noite, uma primeira ronda de negociações na República Dominicana. Não houve acordo mas comprometeram-se a reunirem-se novamente a dia 15 de dezembro.

Num comunicado comum é dito que existe "a vontade" de encontrar uma solução para a crise política e económica que atinge o país.

"A primeira grande notícia é que nos sentámos (para negociar). A primeira grande notícia é que discutimos arduamente temas de grande interesse para a Venezuela," afirmou Jorge Rodríguez, ministro da Comunicação da Venezuela

"Não viemos para negociar, nem para construir um futuro em nome dos venezuelanos. O que viemos fazer foi criar as condições para que, nos próximos meses, cada venezuelano possa escolher, nas urnas, pela mudança, por um caminho de futuro para o nosso país," declarou o presidente do Parlamento venezuelano, Julio Borges:

Os membros da Mesa para a Unidade Democrática (MUD), uma coligação da oposição, pedem a abertura de um "corredor humanitário" para importar alimentos e remédios, assim como "Condições justas" para as eleições presidenciais de 2018.

O governo do presidente Maduro exige que os líderes da oposição intercedam junto dos Estados Unidos para acabarem com as sanções.