Última hora

Última hora

Catalunha: Junqueras e Forn ficam em prisão preventiva

Em leitura:

Catalunha: Junqueras e Forn ficam em prisão preventiva

Tamanho do texto Aa Aa

A justiça espanhola decidiu manter em prisão preventiva o antigo vice-presidente da Catalunha, Oriol Junqueras, e o ex-conselheiro do Interior, Joaquin Forn.

A decisão é conhecida na véspera do arranque da campanha eleitoral para as autonómicas - agendadas para 21 de dezembro na Catalunha - e é justificada com o risco de repetição de crime.

O Supremo Tribunal decidiu, ainda, libertar os restantes antigos ministros catalães - seis no total - Raül Romeva, Carles Mundó, Dolors Bassa, Meritxell Borràs, Josep Rull e Jordi Turull - sob uma fiança de 100 mil euros.

Em prisão preventiva vão ficar, também, os dirigentes da Òmnium Cultural e da Associação Nacional da Catalunha, Jórdi Sànchez e Jordi Cuixart.

No total, quatro dos independentistas que estão a ser investigados por delitos de rebelião, secessão e peculato vão ficar fora da campanha eleitoral que começa à meia-noite. Da lista, apenas Jordi Cuixart não se apresentava como candidato.