Última hora

Última hora

A Geórgia quer ser ponto de encontro da nova Rota da Seda

Tbilissi acolheu o Fórum Belt Road, uma iniciativa chinesa para aproximar a Europa e a Ásia.

Em leitura:

A Geórgia quer ser ponto de encontro da nova Rota da Seda

Tamanho do texto Aa Aa

O Fórum Belt and Road é uma iniciativa chinesa. O objetivo é a aproximação entre a Europa e a Ásia. Envolve a participação de mais de 60 países, que representam 65% da população mundial.

Este ano, o encontro debateu a consolidação da chamada Rota da Seda. O caminho mais curto entre Ocidente e Oriente, que inclui o desenvolvimento de ligações comerciais e culturais. A Geórgia quer fazer parte desse desenvolvimento, de acordo com o primeiro-ministro georgiano, Giorgi Kvirikashvili:

“Acreditamos que a rota que passa pelos países da Ásia Central e do Cáucaso do Sul pode ser muito competitiva. A Georgia tem um excelente perfil para negócios. Não só para em relação à zona onde se integra, mas para todos os países do mundo. Podemos ser um centro de logística e comercio nesta região,” disse o primeiro-ministro da Geórgia.


Desenvolvimento de infraestruturas


A Geórgia tem vindo a desenvolver insfraestruturas. Espera-se que os quase 200 quilómetros de autoestrada entre o este e oeste do país estejam prontos em 2020. Enquanto isso, no Mar Negro, o porto de águas profundas de Anaklia poderá receber até 100 milhões de toneladas de mercadorias por ano.

A China e a Georgia assinaram um memorando de entendimento no encontro. O acordo deverá atrair investidores chineses para a região. O ministro da Economia da Georgia acredita no desenvolvimento de uma zona franca comercial perto do novo porto:

“Temos um acordo de livre comércio com a China,” explicou Dimitry Kumsishvili à Euronews:

“Mas também temos um acordo com a União Europeia e com países como a Turquia. Com todos estes acordos que nos ligam a grandes mercados, temos condições para atrair investimentos para o nosso país.”

“Os acordos, que vão de Bruxelas a Pequim, poderiam converter este país do Cáucaso num centro comercial e ponto de encontro da Rota da Seda. Uma das grandes vantagens para a Georgia é inexistência de barreiras comerciais.”

A Rota da Seda dos tempos modernos conta com vários caminhos. Para a Georgia, aquele que atravessa o país do Cáucaso é o mais apetecível.