Última hora

Última hora

Justiça espanhola retira mandado internacional para Puigdemont

Supremo Tribunal de Espanha considera que o líder dos catalães mostrou vontade de regressar ao país

Em leitura:

Justiça espanhola retira mandado internacional para Puigdemont

Tamanho do texto Aa Aa

Supremo Tribunal Espanhol retira mandado de captura internacional para Carles Puigdemont e quatro dos seus membros de governo, Antonio Comin, Lluis Puig, Meritxell Serret e Clara Ponsatíles, por considerar que estes mostraram vontade de regressar a Espanha.

Os cinco encontram-se na Bélgica desde a declaração unilateral de independência do parlamento catalão no dia 27 de outubro, considerada ilegal pela justiça espanhola.

De acordo com o juiz Pablo Larena, esta decisão evita que o caso seja julgado por mais que uma instância da União Europeia, o que colocava em causa a continuidade do processo e poderia dar origem a respostas contraditórias.

Mantém-se no entanto em vigor o mandado de captura em território espanhol, o que significa que Puigdemont e os seus antigos ministros serão detidos quando regressarem ao país.