Última hora

Última hora

Erdogan adota tom conciliador no último dia da viagem à Grécia

Em leitura:

Erdogan adota tom conciliador no último dia da viagem à Grécia

Erdogan adota tom conciliador no último dia da viagem à Grécia
Tamanho do texto Aa Aa

Foi com uma deslocação uma cidade que em tempos pertenceu ao império otomano e com um discurso mais contido que o chefe de Estado turco concluiu a visita oficial à Grécia. Recep Tayyip Erdogan foi recebido com euforia pela comunidade muçulmana de Komini, no norte do país, atenuando momentos de tensão registados na véspera com o homólogo grego. Desde logo, com a vontade do Presidente turco atualizar o tratado de 1923 que define as fronteiras da Turquia moderna e com o chefe de Estado grego a dizer que está bem como está. O tom quase crispado sobre o Tratado de Lausanne e sobre a minoria muçulmana da Trácia Ocidental, no nordeste da Grécia, deu, entretanto, lugar a um tom mais pacificador.

Para o ministro turco dos Assuntos Europeus esta é uma prova de que o entendimento é possível. "Como pode ver, o nosso Presidente pode falar abertamente e de forma agradável com o homólogo grego e com o primeiro-ministro, como dois países amigos e vizinhos. É importante discutir os nossos problemas e exprimir as divergências para que posteriormente nos possamos focar nas relações futuras" afirma Ömer Çelik.

Também, o Governo grego também optou por destacar os aspetos positivos desta visita histórica, a primeira de um presidente turco a Atenas em mais de seis décadas.