Última hora

Última hora

Eurodeputados cautelosos sobre acordo de divórcio do Brexit

Em leitura:

Eurodeputados cautelosos sobre acordo de divórcio do Brexit

Eurodeputados cautelosos sobre acordo de divórcio do Brexit
Tamanho do texto Aa Aa

O Parlamento Europeu quer o acordo sobre os termos do divórcio do Brexit, alcançado na semana passada, seja tornado juridicamente vinculativo o mais depressa possível.

Na sessão plenária de terça-feira, em Estrasburgo, os eurodeputados debateram o tema e mostram-se cuidadosos sobre passar à segunda fase negocial.

“Qualquer período de transição está dependente do progresso que venha a ser alcançado na segunda fase. Se houver progresso, podemos falar sobre um período de transição, caso contrário não haverá período de transição”, disse Manfred Weber, líder do centro-direita.


Reino Unido e Comissão Europeia chegaram a um acordo de princípio sobre a fronteira na Irlanda, a conta a pagar pelo governo de Londres e os direitos dos cidadãos.

“Há ainda algumas pontas soltas, especialmente sobre os direitos dos cidadãos, que pretendemos que sejam vinculativas no acordo final”, avisou Philippe Lamberts, co-líder dos Verdes.


Cabe aos chefes de Estado e de Governo, reunidos em cimeira, no final da semana, em Bruxelas, aprovar formalmente a passagem para a fase de negociação sobre um período de transição e o futuro acordo comercial.