Última hora

Última hora

10 anos de Tratado de Lisboa

Em leitura:

10 anos de Tratado de Lisboa

10 anos de Tratado de Lisboa
Tamanho do texto Aa Aa

Os protagonistas já mudaram...quase todos. Mas ainda estão na vida política ativa alguns dos que assinaram há 10 anos o Tratado de Lisboa. É considerado o último grande documento reformador da União Europeia.

Atribuiu mais poderes ao Parlamento Europeu. Aumentaram as decisões com votação por maioria qualificada no Conselho...que passou a ter também um Presidente, um Alto Representante da União para os Negócios Estrangeiros e a Política de Segurança. O Tratado também fez com a Carta dos Direitos Fundamentais se tornasse juridicamente vinculativa.

Muitas mudanças que entraram em vigor passados dois anos...depois de todos os parlamentos nacionais o ratificarem. Os críticos garantem que é a maior fonte de perda de identidade e soberania dos Estados-membros. Os defensores acreditam que é o garante da estabilidade e continuidade do projeto europeu.

Na Assembleia da República em Portugal celebra-se o aniversário. A sessão contará com os nomes de Luís Amado (então ministro dos Negócios Estrangeiros) e Paulo de Almeida Sande (então representante do Parlamento Europeu em Portugal), sendo a jornalista Luísa Meireles a moderadora da sessão.

José Manuel Durão Barroso (ex-primeiro-ministro social-democrata e antigo presidente da Comissão Europeia) não vai estar presente devido a compromisso internacional.