Última hora

Última hora

Gianandrea Noseda estreia-se no Kennedy Center com a Sinfonia Heroica de Beethoven

Em leitura:

Gianandrea Noseda estreia-se no Kennedy Center com a Sinfonia Heroica de Beethoven

Gianandrea Noseda estreia-se no Kennedy Center com a Sinfonia Heroica de Beethoven
Tamanho do texto Aa Aa

Ele é um dos maiores maestros da sua geração. Gianandrea Noseda assumiu, este outono a direção musical da Orquestra Sinfónica Nacional, em Washington, capital dos Estados Unidos da América.

O maestro escolheu a terceira Sinfonia de Beethoven, mais conhecida como , para o primeiro concerto no Kennedy Center. Uma escolha simbólica.

“A Heroica é um ponto de viragem. Até então, a sinfonia mais longa durava 31-32 minutos. Beethoven expandiu o comprimento da sinfonia em 50 minutos e, até então, a estrutura da sinfonia era muito mais simples. Não quero cortar com a tradição desta orquestra, mas a Heroica é uma espécie de coluna, sustenta-se por si mesma”, assegura o maestro.

Nurit Bar-Josef é o primeiro violino e, como tal, o braço direito de Gianandrea Noseda.

“Tecnicamente, e essa é a beleza de Beethoven, tudo o que ele escreveu, fica tão bem no instrumento e sabe sempre bem tocar e a luta está mais no controlo do arco, criando os diferentes sons e dinâmicas que ele queria”, confidencia a violinista.

Composta em 1803, a Sinfonia Heroica homenageia as ideias herdadas da Revolução Francesa. Ideias que Beethoven apoiou fervorosamente.

Noseda conta que o compositor “queria dedicar esta sinfonia – no início – a Napoleão Bonaparte, mas quando soube da notícia de que se tinha autoproclamado imperador, ele riscou o nome de Napoleão. Há um buraco no papel, no manuscrito. Assim, a Marcha Fúnebre, no segundo movimento, é a marcha fúnebre das grandes visões e dos ideais que ele esperava que Napoleão cumprisse.”

Sobre o novo maestro Bar-Josef é perentória: “É, acima de tudo, refrescante ter um novo diretor de música e uma nova maneira de ver as coisas. O talento do Maestro Noseda está quando ele pisa e pódio. Ele tem esse som que traz consigo e então sinto que o som da orquestra é realmente… É tão grande quanto a vida! _ “

Noseda confessa: “As minhas ambições para a Orquestra são simples: ser consistente em oferecer a mais elevada qualidade possível. A competição, em todo o mundo, é muito dura. Não é suficiente ser ‘bravi’, é precisa ser excecionalmente ‘bravo’.”

Mais informações:

Sobre a dedicação da Sinfonia Hroica de Beethoven:
www.theguardian.com/music/tomserviceblog/2014/aug/05/symphony-guide-beethovens-third-eroica-tom-service

Sobre a Sinfonia Heroica:
digital.philharmoniedeparis.fr/0729171-symphonie-n-3-eroica-de-ludwig-van-beethoven.aspx

sobre Gianandrea Noseda:
www.kennedy-center.org/NSO/MTM/Musician/5881

O sítio do maestro:
www.gianandreanoseda.com/home_e.aspx

Músicos da NSO sobre Gianandrea Noseda (vídeo):
www.youtube.com/watch?v=CCQJd4_0G6k

Vídeo sobre o início da carreira de Noseda:
www.kennedy-center.org/video/index/A96891

Sobre Nurit Bar-Josef:
www.kennedy-center.org/NSO/MTM/Musician/1504

Hirtória da Orquestra Sinfónica Nacional:
www.kennedy-center.org/NSO/MTM/History

Músicos da Orquestra:
www.kennedy-center.org/NSO/MTM/ShowMusicians/3

Mais sobre musica