Última hora

Última hora

Alemanha: SPD dá um passo em frente

Em leitura:

Alemanha: SPD dá um passo em frente

Alemanha: SPD dá um passo em frente
Tamanho do texto Aa Aa

Depois de avanços e recuos, os sociais-democratas alemães decidiram dar luz verde às negociações com o bloco conservador da chanceler Angela Merkel.

O líder do Partido Social-Democrata insiste que existem diferentes modelos para um governo estável e que a abertura da porta do diálogo não significa resultados.

"As conversações preliminares prendem-se com o conteúdo e com aquilo que as políticas sociais-democratas podem fazer por este país. Não haverá uma continuidade como no passado, nem um prolongamento da atual grande coligação. Há várias áreas que são importantes para a República Federal alemã e para os cidadãos de um país moderno" refere Martin Schulz.

 O líder do SPD lembra que um eventual acordo com os conservadores implica mudanças que rompam com aquela que ficou conhecida como “a grande coligação" que governou a Alemanha durante quatro anos.

Uma comissão composta por 12 elemento vai participar nas negociações. Da lista não faz parte qualquer ministro em funções. Os resultados vão ser apresentados durante um congresso extraordinário agendado para janeiro e submetidos à votação.

Angela Merkel já se congratulou com a decisão dos sociais-democratas alemães.