Última hora

Última hora

Sebastian Kurz, chanceler aos 31 anos

Em leitura:

Sebastian Kurz, chanceler aos 31 anos

Sebastian Kurz, chanceler aos 31 anos
Tamanho do texto Aa Aa

Aos 31 anos, é o chefe de governo mais jovem de todo o mundo.Sebastian Kurz, Wunderwuzzi, como é chamado, chega à chancaleria austríaca depois de ter ocupado a pasta dos Assuntos Europeus, Integração e negócios estrangeiros. Chegou à política com apenas 24 anos. Antigo líder da juventude do partido democrata-cristão ÖVP, cedo começou a forjar uma imagem de homem de Estado, ao aparecer ao lado das mais importantes figuras mundiais. Teve um papel importante em negociações como a sobre a energia nuclear iraniana.

É, desde maio, líder do ÖVP e não hesitou em mudar a imagem do partido, A cor dominante deixou de ser o preto para ser o turquesa. Involuntariamente ou não, foi buscar elementos de discurso a Donald Trump - da política dura em relação à imigração a frases como quando disse que a Áustria é o país mais bonito do mundo. Na campanha, anunciou as prioridades: Reduzir a carga fiscal, reforçar o peso económico do país e oferecer mais segurança aos austríacos.

Simples mas eficaz: Kurz nunca menosprezou o partido de extrema-direita FPÖ. Se, no início, o líder dos nacionalistas, Heinz-Christian Strache, acusava Kurz de lhe copiar o programa, foi depois Kurz a convidar Strache para número dois do governo. Ganhou maturidade desde 2013, quando entrou para o governo. Algumas ações de campanha foram na altura consideradas de gosto duvidoso.

Em 2015, foi um dos primeiros a criticar a política de acolhimento dos migrantes da chanceler alemã Angela Merkel. Foi um dos artesãos do fecho da rota dos Balcãs. Agora, promete lutar contra a imigração ilegal, acelerar o tratamento dos pedidos de asilo e reduzir os subsídios aos requerentes.

Tem como divisa "valorizar o que fazemos e não o que somos". Frequentou o curso de direito, mas nunca chegou a acabar a licenciatura.