Última hora

Última hora

Alemanha: familiares das vítimas encontram Merkel ao fim de 364 dias

Em leitura:

Alemanha: familiares das vítimas encontram Merkel ao fim de 364 dias

Alemanha: familiares das vítimas encontram Merkel ao fim de 364 dias
Tamanho do texto Aa Aa

Foi com velas e flores que os alemães recordaram as vítimas do ataque no mercado de natal, em Berlim. Na altura, 12 pessoas perderam a vida e dezenas ficaram feridas. Ao longo dos últimos 12 meses os familiares das vítimas não pouparam críticas à chanceler alemã. Angela Merkel acabou por se reunir com as famílias um dia antes de a Alemanha assinalar o primeiro aniversário sobre o atentado.

"Foi um encontro aberto e as pessoas envolvidas apontaram para as fraquezas do Estado em situações como esta. Hoje é um dia de luto, mas também um dia em que queremos corrigir aquilo que não funcionou" refere Angela Merkel, chanceler alemã.

O Presidente alemão reconheceu que o Estado falhou na missão de apoio às vítimas e admitiu a existência de negligências antes do ataque.

O atentado reivindicado pelo autodenominado Estado Islâmico foi o mais sangrento cometido em território alemão.