Última hora

Última hora

2017: o ano em revista

Em leitura:

2017: o ano em revista

Tamanho do texto Aa Aa

O que de maior relevância se passou na cena cultural global, da música à pintura, em 2017

Em 2017, a cena cultural assistiu à perda de nomes de vulto, à valorização astronómica de obras-primas e também ao aniversário de muitas referências que perduram

Chuck Berry – a morte de um ícone aos 90 anos

Chuck Berry foi um dos mais icónicos pioneiros do rock’n’ roll: o andar de pato dançante em palco tornou-o inesquecível e músicas como Roll Over Beethoven ou Rock and Roll Music e Johnny B. Goode traduziram-lhe a imortalidade, depois de nos ter deixado aos 90 anos, em março.

O musical Hair de volta em Londres quando assinala 50 anos

Hair fez 50 anos: o musical rock- sobre a contracultura _hippie, a revolução sexual do fim da década de 60 e o movimento de paz contra a guerra do Vietname foi encenado em todo o mundo. Em Londres, o teatro The Vaults apresenta uma versão atualizada com diálogos e letras sobre a política contemporânea.

O vocalista dos Linkin Park, Chester Bennington, suicida-se

O cantor, autor e ator Chester Bennington era mais conhecido como o vocalista da banda americana Linkin Park. O abuso sexual sofrido às mãos de um amigo mais velho quando tinha 7 anos levou-o ao consumo de drogas e álcool, com que se debateu até acabar com a própria vida. Chester Bennington morreu aos 41 anos.

Concurso Eurovisão: balada portuguesa arrebata a Europa

Um grande momento para Portugal, este ano, foi o concurso de canções Eurovisão . “Amar pelos Dois” é a canção que ganhou, na voz de 27 anos de Salvador Sobral, escrita e produzida pela irmã, Luísa Sobral.

Ronnie Wood em cima dos palcos aos 70 anos

Ronnie Wood: juntou-se aos Rolling Stones a meio dos anos 70 e desde então é parte de uma das mais antigas bandas de rock do mundo. Celebrou 7 décadas em junho e fez a tour com os Rolling Stones pela Europa durante o outono.

O famoso álbum dos Beatles Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band faz 50 anos

Quando apareceu, Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club band foi um sucesso comercial imediato e a crítica rendeu-se. Passou 27 semanas no topo da tabela musical de álbuns do Reino Unido e outras 15 semanas como número um nos Estados Unidos.

Hugh Hefner: O playboy da Playboy

Famoso por ter fundado a revista Playboy, Hugh Hefner era, ele próprio, um playboy assumido, que tornou muito faladas as festas pródigas que dava em casa. Foi aos 91 anos que deixou para trás o legado de coelhinhas.

Nobel da Literatura 2017: Kazuo Ishiguro

O Nobel da literatura deste ano foi para o britânico novelista, argumentista e escritor de contos nascido em Nagasaki, Kazuo Ishiguro. É um dos mais aclamados autores de ficção contemporâneos, no mundo literário de língua inglesa.

Fats Domino, pioneiro do rock’n‘roll morre aos 89 anos

Era um homem do rock’n‘roll, um génio do boogie woogie que começou a actuar em bares de Nova Orleães aos 14 anos. Em 1949 edita “The Fat Man”, o álbum tido como o primeiro a vender um milhão de cópias do som do rock n’roll. Elvis Presley disse ter sido fortemente influenciado pela música de Fats Domino, que deixou para sempre de cantar e de tocar piano aos 89 anos.

Coleção Gurlitt: exibição inédita em décadas de arte pilhada

Obras de arte acumuladas pelo filho do negociante nazi de arte Hildebrand Gurlitt estão em exibição pública pela primeira vez em décadas em exposições conjuntas na Alemanha e na Suíça. O Museu de Belas Artes de Berna mostra arte moderna, banida pelos nazis com a “ação de arte degenerada” de 1937 e 1938; o Bundeskunsthalle de Bona mostra simultaneamente peças que foram roubadas de famílias e indivíduos judeus perseguidos pelos Nazis.

Leonardo da Vinci assina quadro mais caro do mundo

O quadro “Salvator Mundi” do artista do renascentismo Leonardo da Vinci tornou-se na mais cara tela do mundo, vendida em leilão por quase 380 milhões de euros. A leiloeira confirmou ter procedido à venda em nome do Departamento de Cultura eTurismo de Abu Dhabi.

David Cassidy: morre o cantor pop ídolo de adolescentes

Era um dos mais populares ídolos culturais e cantor de pop dos adolescentes nos anos 70. David Cassidy ascendeu â fama com a sitcom musical “A Família Partridge”. No auge da carreira recebia 25 mil cartas por semana e o clube de fãs era tido como o maior na indústria musical. Cassidy morreu aos 67 anos depois de ter vivido alguns anos com demência.

Diamante “Promessa Rosa”

O diamante de quase 15 quilates que dá pelo nome de “Promesa Rosa” foi vendido no final de novembro por 27 milhões de euros num leilão em Hong Kong – o mais caro diamante vendido no mercado asiático. Originalmente, a pedra tinha mais de 16.2 quilates, o antigo dono decidiu lapidá-lo para obter maior luminosidade e atingir uma mais valiosa e vívida cor rosa. A lapidação levou anos a planear.

Johnny Hallyday mergulha França no luto

Dia de luto nacional em França por Johnny Hallyday. A versão francesa de Elvis Presley era mal conhecida fora de território francófono mas um herói nacional em França. O Presidente Macron homenageou o artista que morreu aos 74 anos com quase 60 anos de carreira, mais de 1000 músicas e de 50 álbuns.

Mais sobre Cult