Última hora

Última hora

Independentistas catalães querem novo referendo

Em leitura:

Independentistas catalães querem novo referendo

Tamanho do texto Aa Aa

Os partidos independentistas da Catalunha conseguiram manter a maioria absoluta no parlamento regional e acreditam que isso lhes dá legitimidade para fazer um novo referendo à independência.

Foi em Bruxelas que Carles Puigdemont, o líder do Junts per Catalunya, e os quatro conselheiros que fugiram para a Bélgica, acompanharam a noite eleitoral:

"Lutámos em desvantagem e ainda assim ganhámos. Por isso, temos um claro mandato democrático. Naturalmente que precisamos de falar e negociar, mas o governo espanhol tem de ouvir o povo da Catalunha", referiu a ex-conselheira Clara Ponsatí.

"Gostávamos de poder regressar amanhã, mas é claro que teremos de esperar para ver se há alguma reação do governo espanhol e também para ver se a justiça espanhola decide mudar a sua opinião sobre o nosso caso", afirmou Meritxell Serret, da Esquerda Republicana da Catalunha e ex-conselheira.

Resta então aguardar pelo próximo capítulo da luta da Catalunha pela independência:

"Ultrapassada a euforia, abrem-se agora muitas interrogações. Carles Puigdemont e os quatro ex-conselheiros expressaram vontade de regressar, mas não dizem quando. Desejam ainda que a Europa ouça a voz dos independentistas, o que não será fácil", adiantou uma das correspondentes da Euronews em Bruxelas, Ana Lázaro Bosch.