Última hora

Última hora

Sinal detetado não pertence ao submarino ARA San Juan

Em leitura:

Sinal detetado não pertence ao submarino ARA San Juan

Tamanho do texto Aa Aa

A Marinha argentina anunciou já que o contacto detetado pelas equipas de busca no passado sábado não pertence ao submarino ARA San Juan, desaparecido no dia 15 de novembro.

A confirmação foi dada depois de a embarcação russa Panther Plus, operada de forma remota, ter investigado a proveniência do sinal e concluído que pertencia a material de outro barco naufragado.

No entanto, houve um outro sinal detetado a 814 metros de profundidade e que será investigado assim que as condições meteorológicas o permitirem.

Apesar de as famílias terem alimentado durante muito tempo a esperança num resgate, as autoridades já não acreditam mais no salvamento com vida dos 44 tripulantes que estavam a bordo.

Este já não era o primeiro contacto registado. Anteriormente, foi um barco de pesca naufragado a induzir em erro as tentativas de salvamento.

As operações de busca e resgate mobilizaram até ao momento o apoio de 13 países.