Última hora

Última hora

Um bebé entre a dúzia de mortos no incêndio de Nova Iorque

Em leitura:

Um bebé entre a dúzia de mortos no incêndio de Nova Iorque

© Copyright :
REUTERS/Amr Alfiky
Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos 12 pessoas morreram num incêndio num edifício de apartamentos no Bronx, em Nova Iorque, disse o presidente da câmara daquela cidade norte-americana, Bill de Blasio. O autarca democrata afirmou, numa declaração à imprensa no local do incêndio, que pelo menos quatro residentes do prédio com ferimentos graves estavam a lutar pelas suas vidas.

Point of view

É uma tragédia que nos deixa sem palavras, há famílias destroçadas.

Bill de Blasio Presidente da Câmara de Nova Iorque

Uma das vítimas mortais será uma criança, adianta o governo da cidade de Nova Iorque. A fatalidade mais nova terá um ano de idade, a mais velha terá mais de 50 anos.

Informações preliminares davam conta de pelo menos seis mortos no incêndio que deflagrou pelas 19:00 de quinta-feira (00:00 desta sexta-feira em Lisboa), num prédio de cinco andares localizado perto do jardim zoológico do Bronx.

Antes, os bombeiros de Nova Iorque informaram que 15 pessoas tinham ficado gravemente feridas no incêndio.

O comissário dos bombeiros Daniel Nigro considerou o fogo "histórico na sua magnitude", devido ao número de vidas perdidas.

Cerca de 170 bombeiros combateram as chamas, que deflagraram antes das 19:00, e resgataram residentes do edifício.

Um dos mais mortíferos recentes incêndios no Bronx remonta a 2007, quando um fogo provocado por um aquecedor causou a morte de nove crianças e de um adulto.