Última hora

Última hora

Observatório Sírio dos Direitos Humanos anuncia resgate de 12 feridos graves em Ghouta Oriental

Em leitura:

Observatório Sírio dos Direitos Humanos anuncia resgate de 12 feridos graves em Ghouta Oriental

Tamanho do texto Aa Aa

O Observatório Sírio dos Direitos Humanos anunciou a retirada de mais 12 doentes, juntamente com as suas famílias, de Ghouta Oriental, enclave cercado pelo exército de Bachar al-Assad. Além dos doentes, maioritariamente crianças, foram ainda transportados para Damasco três combatentes presos pelos insurgentes na região, um bastião da oposição ao regime sírio.

A operação de resgate só foi possível devido ao pacto firmado entre o governo e o Exército do Islão, processo que tem sido supervisionado pelo Comité Internacional da Cruz Vermelha e que permitiu o resgate de 29 doentes (num total de 85 civis resgatados uma vez incluídos os familiares) e 29 prisioneiros no espaço de três dias. Números que se encontram bem distantes dos 500 feridos graves que se pretendiam resgatar.

De acordo com o Crescente Vermelho sírio, encontram-se várias centenas de pessoas que precisam de ajuda médica urgente na região, onde não existe equipamento médico adequado.