Última hora

Última hora

Trump quer aquecimento global a trabalhar contra o frio

Em leitura:

Trump quer aquecimento global a trabalhar contra o frio

Tamanho do texto Aa Aa

Não sabemos se será a última polémica do ano, protagonizada por Donald Trump ainda assim é mais uma. Sobre as baixas temperaturas que se fazem sentir em algumas regiões do país o presidente dos EUA escreveu, na sua conta de Twitter:

"No leste, pode ser a noite de fim de ano mais fria registada. Talvez pudéssemos usar um pouco desse bom velho aquecimento global que o nosso país, não os outros, ia pagar biliões de dólares para combater. Agasalhem-se!" - Afirmou Trump.

Estas palavras desencadearam uma avalancha de reações de internautas, incluindo de cientistas que tentam explicar as mudanças climáticas a Trump:

O diretor executivo da Academia de Ciências da Califórnia, responde, na mesma rede social. Jon Foley escreve "As alterações climáticas são muito reais mesmo que, neste momento, faça frio no exterior da Trump Tower. Da mesma forma que não deixa de haver fome no mundo só porque se acabou de comer um BigMac".

Prova disso é o facto de a Califórnia continuar a braços com graves incêndios, que acontecem no ano que se acredita será o mais quente desde que há registo, em todo o planeta.