Última hora

Última hora

Ténis: Topo do ranking mundial está de "baixa"

Em leitura:

Ténis: Topo do ranking mundial está de "baixa"

Tamanho do texto Aa Aa

A época de ténis está prestes a começar mas o topo do ranking mundial está quase todo de "baixa". Rafael Nadal desistiu de participar nos torneios de exibição de Abu Dhabi e Brisbane porque se lesionou no joelho, no Masters em novembro.

O número um mundial quer estar "operacional" dentro de duas semanas, quando arranca o Open da Austrália, o primeiro Grand Slam da temporada.

O cotovelo é a grande preocupação de Novak Djokovic e o motivo pelo qual está afastado dos courts desde julho. Ainda não é certo que o sérvio esteja apto a participar no torneio de Melbourne.

É também desde julho, desde do torneio de Wimbledon, que Andy Murry não participa num encontro oficial. O escocês lida desde essa altura com problemas na anca e por isso decidiu não forçar tanto em 2018. Stan Wawrinka e Jo-Wilfried Tsonga também decidiram adiar o regresso às competições por causa de lesões. Do topo da tabela, a única excepção é Roger Federer. Aos 36 anos, o suíço parece estar em grande forma e arranca o ano já a competir.