Última hora

Última hora

Casamento real: Um conto de fadas ou um negócio?

Em leitura:

Casamento real: Um conto de fadas ou um negócio?

Tamanho do texto Aa Aa

O casamento é só em Maio mas os preparativos já estão por todo o lado.

O Príncipe Harry e Meghan Markle são os protagonistas do próximo grande evento da realeza.

Um evento mas também um negócio, o casamento real vai mexer em quase 600 milhões de euros na economia do país.

David Haigh, responsável pelas finanças da "marca" que o casamento real gerou, explica os valores:

"Cerca de 225 milhões de euros virão de pessoas que gastam dinheiro com as comemorações. Outros 110 milhões serão só para anúncios publicitários em todo o mundo, e os restantes 60 milhões de euros serão para as pessoas que compram t-shirts, chapéus, canecas e outras coisas comemorativas; entre o resto dos gastos."

A venda de lembranças vai fazer aumentar a economia local, até porque o casamento vai ser em Windsor, uma pequena cidade inglesa.

"É uma grande honra, estamos encantados por o casamento acontecer aqui em Windsor. (...) Esperamos que ajude a melhorar os nossos negócios. O número de turistas aumentará e a nossa maior fonte, é claro, é a América ", disse John Lenton, representante das cidades de Windsor e de Maidenhead.

Não só os Estados Unidos da América mas todo o mundo, que, no dia 19 de Maio, vai estar de olhos postos no castelo de Windsor.