Última hora

Última hora

Theresa May não duvida das capacidades de Trump

Em leitura:

Theresa May não duvida das capacidades de Trump

Theresa May não duvida das capacidades de Trump
Tamanho do texto Aa Aa

As revelações do livro "Fogo e Fúria" não parecem ser incendiárias para os aliados internacionais de Donald Trump.

A primeira-ministra britânica, Theresa May, garantiu que não duvida da capacidade do presidente norte-americano em permanecer no cargo.

Michael Wolff, o autor da obra onde Trump é classificado de "idiota" e de "criança" pelos seus assessores, acredita, no entanto, ter colocado o dedo na ferida ao evocar a saúde mental do responsável político.

"É um momento extraordinário e a atenção dada ao meu livro nos últimos dias é a prova disso. Penso que não é um exagero dizer que estamos perante uma situação à altura da 25a emenda, a possibilidade de destituição do presidente por incapacidade em assumir as suas funções", declarou Wolff.

Trump multiplica nos últimos dias as intervenções, da televisão às redes sociais, para negar as afirmações do livro, acusando Wolff de ser uma "fraude" e um "mentiroso" e defendendo o reforço das leis sobre a difamação, ao mesmo tempo que garante ser "um génio estável".

O debate sobre o estado de saúde mental de Trump levou a primeira-ministra britânica a interceder a favor do aliado estratégico em tempos de "Brexit", durante uma entrevista ao canal britânico BBC.

"Quando lido com o presidente Trump vejo alguém que está comprometido em assegurar que está a tomar as melhores decisões para os Estados Unidos e sim vai vir um dia ao nosso país".

Alguns analistas consideram pouco provável que a 25a emenda possa ser utilizada para afastar Trump do poder, uma vez que se refere, antes de mais, à incapacidade física do presidente em casos de doença ou idade avançada.