Última hora

Última hora

UE e ONU em sintonia na questão síria

Para o enviado da ONU, Staffan de Mistura, a resolução do conflito passa obrigatoriamente por trazer a Rússia para a mesa de negociações.

Em leitura:

UE e ONU em sintonia na questão síria

Tamanho do texto Aa Aa

A União Europeia continua empenhada em alcançar uma resolução para o conflito na Síria. Esta a mensagem deixada tanto pela chefe da diplomacia europeia, Federica Mogherini, como pelo enviado especial da ONU, Staffan de Mistura. Para os dois, o caminho em frente é o processo iniciado em Genebra.

Point of view

"Eles não querem acabar por ter que suportar uma Síria dividida"

Staffan de Mistura Enviado Especial da ONU para a Síria

"A mensagem de base subjacente ao processo de Genebra chama-se resolução 2254. Aqui são referidas de forma muito clara as várias etapas e ações incluindo uma transição política, incluindo uma constituição e eleições", afirmou o Enviado Especial da ONU para a Síria, Staffan de Mistura na sua passagem por Bruxelas.

Para de Mistura, a resolução do conflito passa obrigatoriamente por trazer a Rússia para a mesa de negociações.

"Eu sei que a Rússia tem interesse em acabar este conflito na Síria. Eles não querem acabar por ter que  suportar uma Síria dividida. E por esta razão, penso que deviamos continuar a falar com eles", adiantou.

No terreno, os combates sucedem-se. As forças sírias divulgaram esta segunda-feira um vídeo que alegam mostra soldados governamentais sírios envolvidos em combates em Harasta, um subúrbio da capital, Dâmasco.