Última hora

Última hora

Bike Project: A inovação como resposta aos desafios sociais

Em leitura:

Bike Project: A inovação como resposta aos desafios sociais

Bike Project: A inovação como resposta aos desafios sociais
Tamanho do texto Aa Aa

O Business Planet veio a Londres para conhecer o Bike Project, uma iniciativa europeia que procura ajudar na integração dos refugiados, ao mesmo tempo que aposta na mobilidade de uma das grandes urbes europeias.

O Bike Project é composto por uma comunidade de refugiados de vários países, que desempenham todo o tipo de tarefas, como restauradores de bicibletas a mecânicos. A associação diz ter um projeto e uma missão simples: Recolher bicicletas usadas, recuperá-las e doá-las a refugiados que vivam na região.

Prémio Europeu para a Inovação Social

  • O Prémio Europeu para a Inovação Social é uma iniciativa da Comissão Europeia e tem lugar em vários Estados do velho continente. O objetivo é encontrar mecanismos de inovação que nos permitam enfrentar os grandes desafios impostos na sociedade.
  • Todos os anos, organizadores do projeto selecionam um tema para o evento. Os três projetos que proponham as melhores soluções para o tema escolhido recebem um prémio no valor de 50 mil euros.
  • Além do prémio em dinheiro, os projetos terão ainda direito a apoio ao desenvolvimento empresarial, na gestão da empresa, rede de contactos e oportunidades em termos de relações públicas, visibilidade e comunicação.
  • Todos os anos, a CE avalia o sucesso dos participantes de antigas edições e oferece também o Prémio Impacto, dedicado aos projetos mais significativos e com um real impacto sobre a sociedade, desde a altura em que participou no evento.

Ligações úteis

Jem Stein é o fundadores do projeto. Diz que teve a ideia de lançar a iniciativa depois de uma experiência pessoal Viu como uma bicicleta usada, que pertencia ao seu irmão, foi importante para Adam, um refugiado oriundo da região sudanesa do Darfur, a quem prestou ajuda, quando estudava na universidade.

Um dos beneficiários do projeto é Ussumane Sila, um antigo militar da Guiné-Bissau, que vive em Londres há alguns anos. Participa no Bkie Project desde 2013.

Ussumane explicou à Euronews que o projeto era importante para muitas pessoas, que, acabadas de chegar a uma metrópole como Londres, têm dificuldades em termos de mobilidade:

“Para um refugiado, ter uma bicicleta, é algo importante”, explicou.

“Vai poupar dinheiro nos transportes. Os transportes públicos são muito caros aqui. E Londres é uma grande capital e não dá para andar sempre a pé”.

Depois de recuperadas, as bicicletas funcionam com toda a segurança. São distribuidas bicicletas todas a semanas, uma vez por semana.

Jem Stein diz que ajudou milhares de pessoas graças ao Bike Project:

“Já reciclámos e doámos três mil bicicletas a refugiados. E temos também um projeto destinado a mulheres. Ensimamos mulheres refugiadas a andar de bicicleta. Também vendemos bicletas de boa qualidade numa página web.”

A iniciativa permitiu criar vários empregos. Um êxito que fez com que fossem criados projetos semelhantes noutros locais do Reino Unido. O projeto recebeu diferentes recompensas, como o Prémio para a Inovação Social, uma iniciativa da Comissão Europeia.