Última hora

Última hora

Falso alerta de míssil no Havai

Tratou-se afinal de um erro humano, mas os habitantes do arquipélago norte-americano não ganharam para o susto

Em leitura:

Falso alerta de míssil no Havai

Tamanho do texto Aa Aa

Os cidadãos do Havai foram acordados com um alerta de um ataque iminente de míssil balístico.

A mensagem, enviado pela rede móvel, dizia "Alerta de míssil balístico a caminho do Hawai. Procure imediatamente refúgio. Isto não é um simulacro".

Tratou-se afinal de um erro humano, como explica o governador do estado norte-americano, David Ige:

"É um procedimento rotineiro. Na mudança de turno, é feito o controle para certificar que o sistema funciona corretamente e um dos funcionários carregou no botão errado".

O alarme foi desmentido quase de seguida, mas os habitantes do arquipélago norte-americano não ganharam para o susto.

"Quando recebemos o alarme, ficámos muito assustados. Estávamos no 36º andar do nosso hotel. Não sabíamos o que fazer. Estávamos em pânico, calçámo-nos e quando estávamos prestes a descer, a receção disse-nos que ficássemos no quarto. Estávamos no 36º andar, ainda estamos nervosos", disse um turista.

O responsável do Serviço de Protecção Civil, Vern Miyagi, informou que está a ser averiguado como pôde ser emitido um alerta falso desta gravidade.