Última hora

Última hora

Rússia contra ação militar na Península Coreana

Em leitura:

Rússia contra ação militar na Península Coreana

Tamanho do texto Aa Aa

Na conferência de imprensa anual o chefe da Diplomacia russa abordou questões com o acordo nuclear iraniano e a tensão na península da Coreia. Sobre esta última Sergei Lavrov pediu que se mantenha calma:

"Como primeiro passo, propomos que se acalmem todos e travem qualquer possibilidade de confronto, primeiramente as atividades militares, seja de lançamento de mísseis, testes nucleares ou grandes manobras militares", disse Lavrov.

Sobre o acordo nuclear iraniano, que os EUA estão a pôr em causa, Lavrov é claro:

"O que os EUA estão a tentar fazer agora, é basicamente mudar a redação do acordo, incluindo coisas que serão, absolutamente, inaceitáveis para o Irão e não iremos apoiá-las. Não quero sequer pensar nas consequências da saída dos EUA deste acordo porque fará com que o Irão deixe de vê-lo como vinculativo", afirmou o ministro dos Negócios Estrangeiros russo.