Última hora

Última hora

Casal Turpin arrisca prisão perpétua

Em leitura:

Casal Turpin arrisca prisão perpétua

Tamanho do texto Aa Aa

David e Louise Turpin, acusados de torturar os 13 filhos, podem ser condenados a uma pena entre os 94 anos de cadeia e a prisão perpétua.

Detidos na Califórnia, foram esta quinta-feira formalmente acusado de tortura e maus-tratos sobre os filhos que mantinham fechados em casa, alguns deles acorrentados. O casal declarou-se inocente.

Os filhos do casal Turpin foram encontrados pela polícia, no domingo.

Ao início, os agentes pensaram que eram todos menores de idade, mas perceberam depois que sete já eram adultos, com idades entre os 18 e os 29 anos.

Em conferência de imprensa, Mike Hestrin, procurador do ministério público de Riverside County, descreveu o estado de saúde das vítimas:

“Todos estavam e estão muito desnutridos. Sofrem de desnutrição calórica associada à perda de músculo. Por exemplo, uma das crianças com 12 anos tem o peso médio de uma criança de 7. A vítima com 29 anos pesa 37 quilos".

Quando foram detidos, David e Louise Turpin não conseguiram explicar a razão pela qual muitos dos filhos estavam acorrentados a camas e no escuro. 

Os serviços de proteção de menores norte-americanos já abriram um inquérito sobre este caso, que está a chocar o estado da Califórnia.