Última hora

Última hora

Operação Afrin: Estados Unidos deixam aviso a Ancara

Em leitura:

Operação Afrin: Estados Unidos deixam aviso a Ancara

Tamanho do texto Aa Aa

A operação militar Afrin, do exército turco, preocupa os Estados Unidos. Ancara confirma ter disparado sobre o noroeste da Síria, controlada plos curdos. O objetivo é eliminar o que os turcos dizem ser ameaças terroristas.

Washington lançou um apelo: o importante é o combate aos jiadistas do autoproclamado Estado Islâmico:

"Gostariamos de pedir aos turcos que não lancem qualquer tipo de ofensivas desse tipo. Queremos toda a gente focada no que é importante, como quando abordámos o tema do referendo no Iraque," explicou Heather Nauert, porta-voz do departamento de Estado.

"Devemos focar-nos no fundamental. Não queremos violência e queremos toda a gente focada no problema do DAESH".

Questionado sobre o tema, o Secretário de Estado, Rex Tillerson, mostrou-se conciliador. Disse aos jornalistas que a Turquia e os Estados Unidos partilham o mesmo objetivo na região: o de encontrar a estabilidade para a Síria.

A presença de forças norte-americanas e a ajuda a quem Washginton define como aliados foi fundamental para a expulsão dos jiadistas de boa parte do território sírio.