Última hora

Última hora

Tom Petty morreu de sobredose acidental de opiáceos

Em leitura:

Tom Petty morreu de sobredose acidental de opiáceos

Tamanho do texto Aa Aa

Tom Petty morreu de uma sobredose acidental de medicamentos. A informação foi avançada pela família do músico norte-americano esta sexta-feira, com base nos dados revelados pela autópsia.

O médico-legista que examinou Petty determinou que ele morreu em outubro no ano passado, aos 66 anos, na sequência de uma "falha de múltiplos orgãos", provocada por uma "mistura tóxica" de vários opiáceos, nomeamente o fentanil, um analgésico que esteve também na origem da morte de Prince.

A família de Petty sublinhou que o músico sofria de "vários problemas graves de saúde, entre os quais um enfisema [pulmonar], problemas no joelho e, principalmente, uma fratura na anca".

Mais sobre Cult