This content is not available in your region

SPD aprova negociações para "grande" coligação com Merkel

Access to the comments Comentários
De  Euronews
SPD aprova negociações para "grande" coligação com Merkel

O Partido Social Democrata alemão (SPD) deu luz verde à abertura de negociações formais para criar uma nova grande coligação de governo com o bloco conservador da chanceler Angela Merkel (CDU/CSU).

O congresso federal do SPD, realizado em Bona, pronunciou-se a favor da política seguida pelo líder, Martin Schulz, que pretendia o sim ao pré-acordo para formar um executivo estável na Alemanha, apesar das gerações mais jovens do partido e outras correntes internas defenderem ir para a oposição.

Merkel saúda "Sim" social-democrata

A chanceler alemã, Angela Merkel, saudou o "Sim" dos social-democratas para iniciar negociações com o seu partido para formar um novo Governo de coligação, que augurou serão "intensas".

"Temos muito trabalho pela frente", disse a chanceler, numa breve comparência na sede da União Democrata-Cristã (CDU) em Berlim, depois de um congresso extraordinário do Partido Social-Democrata (SPD) dar "luz verde", por uma estreita margem, ao início das conversações.

Merkel mostrou-se confiante em que as reuniões decorram num "clima de sensatez", apesar das "divergências" quanto aos conteúdos, e indicou que o pré-acordo alcançado a 12 de janeiro será "a base" para chegar a consenso sobre as políticas de um futuro Governo alemão.

"Para nós, é importante, nestas negociações, que a Alemanha tenha um Governo estável, que possa enfrentar as questões do futuro e procurar solução para elas", declarou a chanceler.

Entre os principais objetivos, apontou o impulsionamento da economia, o digital, a justiça social e a segurança nacional.

Mostrando-se satisfeita com o aval do SPD às conversações, após "intensas e polémicas discussões", Merkel indicou que na segunda-feira os dois partidos se reunirão para definir o plano do processo negocial, que deverá começar "muito rapidamente".

(com Lusa)