Última hora

Última hora

Protestos contra fraude eleitoral nas Honduras

Em leitura:

Protestos contra fraude eleitoral nas Honduras

Tamanho do texto Aa Aa

Apoiantes da coligação de esquerda Aliança da Oposição das Honduras, que apresentou Salvador Nasralla como candidato às presidenciais de novembro, protestaram no sábado, nas ruas da capital e outras cidades do país, contra a tomada de posse do presidente eleito Juan Orlando Hernández, que acusam de fraude eleitoral.

Os manifestantes bloquearam estradas com viaturas e pneus queimados. Em Tegucigalpa, a polícia usou gás lacrimógeno para dispersar os manifestantes, que responderam com pedras.

"O dever dele é dimitir-se depois de ter roubado os nossos votos. Os votos que ele roubou não eram os votos de Salvador Nasralla - eram os votos do povo", disse uma mulher.

Hernández tomou posse no sábado para um segundo mandato consecutivo.

Contados 57% dos votos, os resultados parciais publicados davam clara vantagem a Salvador Nasralla. Dois dias depois, era Orlando Hernández que estava à frente.

Os resultados oficiais publicados em 17 de dezembro pelo Supremo Tribunal Eleitoral davam a Hernández 42,95% dos votos e a Nasralla 41,42%.