Última hora

Última hora

Estreia de Trump nos discursos do Estado da União

Em leitura:

Estreia de Trump nos discursos do Estado da União

Tamanho do texto Aa Aa

A jornada desta terça-feira é histórica para Donald Trump. O polémico Presidente dos EUA profere o primeiro discurso do Estado da União. Deverá abordar o comércio e a imigração mas não só, como explica a corresponde da NBC, para a Euronews, Ali Vitali.

Ali Vitali - O dia de hoje é um grande dia com grandes desafios para o Presidente Donald Trump em Washington. Vai proferir o primeiro discurso do Estado da União. A Casa Branca tem tentado manter segredo sobre o que o chefe de Estado poderá dizer. Fontes da administração Trump revelaram-nos alguns temas a serem abordados. O Presidente deverá fazer um discurso fundamentalmente otimista sobre a situação dos Estados Unidos. Vai apresentar a visão de uma América segura, forte e orgulhosa. Uma visão que garante não só o lugar da América no mundo como também o lugar que Donald Trump gostaria que tivesse. O Presidente deverá ainda falar de bipartidarismo. Não é uma palavra que se ouça com muita frequência vinda de Donald Trump que se tem tornado conhecido por atacar os democratas e os rivais no Twitter. Precisará deles se quiser fazer passar legislação-chave em matéria de imigração e de infraestruturas. Claro que não pode existir bipartidarismo sem os Democratas. Os convidados do Estado da União podem deixar antever o que poderá acontecer. As coisas podem não correr bem. Principalmente quando se convidam pessoas como Carmen Cruz, a presidente da câmara de San Juan. É bastante crítica da resposta de Trump a Porto Rico e aos sobreviventes de má conduta sexual e de assédio. Uma questão sobre a qual o Presidente não se tem manifestado muito apesar do movimento #Metoo nos Estados Unidos. No geral deveremos ver um Trump fiel ao guião e a dar uma mensagem ampla para o que vê como o Estado da União.