Última hora

Última hora

Comissário europeu diz estar a ser vítima de uma cabala

Em leitura:

Comissário europeu diz estar a ser vítima de uma cabala

Comissário europeu diz estar a ser vítima de uma cabala
Tamanho do texto Aa Aa

O comissário europeu das Migrações e Assuntos Internos passou ao contra-ataque. Suspeito de ter recebido subornos da farmacêutica Novartis, Dimitris Avramopoulos diz que tudo não passa de uma cabala. O político grego que à data dos factos - entre 2006 e 2015 - assumia a pasta da Saúde insiste que as acusações não têm fundamento.

"Não vou permitir que pessoas que escondem o rosto, que falsas testemunhas e que a teoria da conspiração suscitem dúvidas sobre a minha pessoa" refere Dimitris Avramopoulos, comissário europeu das Migrações e Assuntos Internos.

A investigação que começou nos Estados Unidos vai ser, agora, levada ao Parlamento grego.

A Comissão Europeia remete-se para já ao silêncio.

"O comissário Avramopoulos fez uma declaração a clarificar a sua posição à data dos factos quando assumia a pasta da Saúde. A Comissão nada mais tem a dizer sobre o assunto" afirma Margaritis Schinas, porta-voz da Comissão Europeia.

Symela Touchtidou/euronews: "Dimitris Avramopoulos já fez saber que se caso não for clarificado imediatamente pretende denunciar o caos em que se encontra o sistema de justiça grego junto das instituições europeias."