Última hora

Última hora

Jogos Olímpicos de Pyeongchang a -25°C

Em leitura:

Jogos Olímpicos de Pyeongchang a -25°C

Jogos Olímpicos de Pyeongchang a -25°C
© Copyright :
REUTERS/Kai Pfaffenbach
Tamanho do texto Aa Aa

Ventos fortes e temperaturas gélidas têm sido uma constante nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2018 que decorrem em Pyeongchang, na Coreia do Sul.

Esta segunda-feira, duas provas tiveram de ser adiadas.

As temperaturas, na cidade sul-coreana têm rondado os 25 graus Celsius negativos, um obstáculo à prática de algumas modalidades e um perigo para a saúde de atletas, funcionários e espetadores.

O porta-voz da organização, Sung Baik-you, não esconde as dificuldades.

"A velocidade do vento é de cinco a dez metros por segundo. O vento é muito forte e está a tornar as competições muito difíceis", diz.

As condições adversas têm adiado várias provas por falta de condições. Por exemplo, os regulamentos do esqui "cross-country", ou de fundo, dizem que, perante temperaturas de -20ºC, as corridas devem ser adiadas.

Para o Comité Olímpico Internacional, a segurança está primeiro

"Obviamente, o principal para nós é a segurança dos atletas. Cada federação tem uma grande experiência no seu desporto e sabemos isso. Claro que temos de coordenar todo o cronograma, é uma dor de cabeça ter todos os diferentes desportos, a decorrer de uma maneira diferente, mas, obviamente, nunca tomamos uma decisão que ponha em perigo a segurança dos atletas", assegura o porta-voz do COI, Mark Adams.

Além das elevadas temperaturas, uma epidemia de norovírus ameaça também a segurança dos atletas. Segundo o último balanço das autoridades, há 177 casos confirmados.