Última hora

Última hora

Autoridades falam em "falha humana" no acidente de aviação perto de Moscovo

Primeiras informações das caixas negras dizem que pilotos ter-se-ão esquecido de ligar sistema de aquecimento de sensores de velocidade.

Em leitura:

Autoridades falam em "falha humana" no acidente de aviação perto de Moscovo

Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades russas deram a conhecer as primeiras informações relativas ao acidente com o Antonov da Saratov Airlines, que deixou 71 mortos no passado domingo, perto de Moscovo.

De acordo com as primeiras leituras das caixas negras, os pilotos ter-se-ão esquecido de ligar o aquecimento sensores de pressão, essenciais para instrumentos como altímetro e os medidores de velocidade.

Os sensores congelaram e o sistema foi incapaz de fornecer as informações corretas. Os pilotos tentaram recuperar depois recuperar altitude e velocidade, mas era demasiado tarde.

Entretanto, os media russos debatem outras hipóteses para o acidente.

Houve quem falasse numa possível falha no motor, que não teria aquecido o suficiente antes da descolagem. Falou-se também numa explosão, e numa falha técnica. A Saratov Airlines, linhas aereas de Saratov, pediu aos jornalistas para parar de especular antes do fim da investigação.

Esta segunda-feira, tiveram lugar homenagens às vítimas, em Moscovo e em Orsk, onde se dirigia o aparelho, no sul dos Urais.

Os especialistas devem agora analisar as caixas negras para conhecer as reações dos pilotos depois lançado o alarme de colisão no cockpit.