Última hora

Última hora

Treinador fez de escudo humano durante o ataque na Flórida

Em leitura:

Treinador fez de escudo humano durante o ataque na Flórida

Tamanho do texto Aa Aa

Aaron Feis era treinador de futebol da Escola Secundária de Parkland e está entre as 17 vítimas mortais do tiroteio que ocorreu esta quarta-feira, no estado da Flórida. 

Era um homem adorado por todos. Sendo um dos treinadores do colégio, toda a gente o conhecia, incluindo os pais dos alunos. 

Um dia depois do ataque, chegam relatos que Aaron morreu por ter feito de escudo humano no momento dos disparos, protegendo assim vários alunos. 

As reações à morte do treinador de 37 anos foram imediadas nas redes sociais. A equipa de futebol da escola partilhou palavras de homenagem a Aaron Feis.

"Ele morreu como um herói e ficará para sempre na nossa memória e nos nossos corações.", escreveram. 

Scott Israel, chefe da Polícia de Broward County, disse aos jornalistas que ainda não há data para o funeral e que não sabe "quantos adultos estarão presentes", mas assegura que na despedida ao treinador "estarão, certamente, 2000 crianças"

O chefe da polícia falou do treinador como um homem admirado por todos. "Os filhos desta comunidade amavam-no, adoravam-no. Era uma das melhores pessoas que eu conhecia. Era um homem fenomenal."

Ainda não se sabe os detalhes do que aconteceu no momento do ataque.

A investigação ainda está a decorrer. 

Aaron Feis com a filha ao colo