Última hora

Última hora

Tribunal Arbitral do Desporto considera Krushelnitsky culpado

Em leitura:

Tribunal Arbitral do Desporto considera Krushelnitsky culpado

© Copyright :
REUTERS/Cathal McNaughton
Tamanho do texto Aa Aa

O Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) considerou esta quinta-feira o russo Alexander Krushelniysky culpado de violar as regras de antidopagem.

O atleta de 25 anos perdeu assim a medalha de bronze conquistada ao lado da mulher, Anastasia Bryzgalova, no curling misto dos Jogos Olímpicos de Pyeongchang. Por força desta medida, os resultados e a própria participação da equipa foram alvo de desqualificação da competição que está a decorrer na Coreia do Sul.

Na origem da decisão está a presença da substância proibida meldonium num controlo antidoping, o que deve levar à atribuição da medalha à equipa da Noruega, que acabou a prova em quarto lugar.

O caso vai ainda ser analisado pelo Comité Olímpico Internacional (COI) e pela Federação Internacional de Curling, referiu o TAD.

Este incidente coloca ainda em causa o futuro do Comité Olímpico russo, que apostava numa participação sem casos de doping para poder retomar em breve a plenitude do seu estatuto olímpico, depois de o COI ter afastado a Rússia de Pyeongchang'2018 na sequência do escândalo de doping.

Recorde-se que os atletas russos autorizados a competir nos Jogos fazem-no sob a bandeira olímpica, sendo responsáveis por uma das maiores delegações da competição.

A comitiva conquistou já 13 medalhas: quatro de prata e nove de bronze, onde se incluía até agora a que tinha sido conquistada no curling misto.