Nicólas Maduro elabora plano para proteger sistema elétrico do país

Access to the comments Comentários
De  Ana Serapicos
Nicólas Maduro elabora plano para proteger sistema elétrico do país
Direitos de autor  reuters

Nicólas Maduro decidiu elaborar um plano contra a sabotagem de que diz estar a ser alvo. O presidente da Venezuela acusou a oposição de atacar o sistema elétrico do país e de planear um novo ataque para as eleições presidenciais de 22 de Abril.

Para prevenir tal situação, Maduro, num discurso em Forte de Tiuna, a principal base militar de Caracas, anunciou a que diz ser a solução: um Plano de Exercícios de Defesa e de Independência. 

No discurso, Nicólas Maduro disse que quem "apela a um golpe de estado" está a "ofender a Força Armada Nacional Bolivariana" e que a solução passa por "defender o sistema elétrico do país".

Este plano de _Exercícios de Defesa e Independência _serve para blindar o sistema elétrico, e surge depois de supostos consecutivos ataques nesta área.

Na semana passada, o oeste do país ficou às escuras durante doze horas. 

O presidente venezuelano fala de uma manipulação ao sistema, a oposição defende-se e diz que os problemas elétricos sempre aconteceram no país e que nada têm a ver com ataques premeditados.

Só no mês de Fevereiro ocorreram quatro falhas elétricas em todo o território venezuelano.