Última hora

Última hora

Amine: a criança que chorou mesmo antes de ouvir Erdogan

Em leitura:

Amine: a criança que chorou mesmo antes de ouvir Erdogan

Tamanho do texto Aa Aa

O uniforme militar e a idade desta criança turca terão chamado a atenção de Recep Tayyip Erdogan. O chefe de Estado turco estava a discursar no congresso do Partido, em Kahramanmaras, quando reparou em Amine e pediu para que fosse conduzida ao palco. A criança de seis anos foi recebida com beijos, mas isso não foi suficiente para acabar com as lágrimas que começaram mesmo antes de ouvir o que o chefe de Estado turco tinha para dizer.

"Ela tem a bandeira turca no bolso. Se se tornar uma mártir, se Deus quiser, esta bandeira será colocada sobre ela" refere Recep Tayyip Erdogan, presidente turco.

Palavras que desencadearam uma onda de críticas nas redes sociais.

A ofensiva militar turca contra combatentes curdos sírios, em Afrin, está a contribuir para exacerbar o sentimento nacionalista. Coincidência ou não, ao longo das últimas semanas, muitas crianças têm aparecido em uniformes militares ou a recitar poemas nacionalistas em eventos onde Erdogan marca presença.

Um antigo ministro turco veio, entretanto, a público acusar o chefe de Estado de estar a usar as crianças para angariar votos nas eleições locais e presidenciais de 2019 e questionou se o Presidente diria o mesmo à neta.