Última hora

Última hora

Laureus 2018: Roger Federer é o "desportista do ano"

Em leitura:

Laureus 2018: Roger Federer é o "desportista do ano"

Tamanho do texto Aa Aa

Roger Federer foi o grande vencedor da cerimónia da entrega dos prémios Laureus 2018, no Mónaco.

O tenista suíço arrebatou os galardões de melhor regresso do ano e o de melhor desportista masculino de 2017, derrotando o futebolista português, Cristiano Ronaldo, que estava nomeado pela quinta vez.

Federer bateu, ainda, nomes como o fundista britânico Mo Farah, o ciclista britânico Chris Froome, o piloto britânico de Fórmula 1 Lewis Hamilton e o tenista espanhol Rafael Nadal.

O suíço saiu de Monte Carlo com dois Laureus, elevando para seis o número de estatuetas que recebeu ao longo da carreira.

"Quero agradecer aos meus dois treinadores que estão aqui hoje, Ivan (Ljubicic) e Severin (Luthi) por colocarem tudo a funcionar e por me darem a oportunidade de voltar a este palco. Estou muito agradecido por estar aqui," conclui Federer.

O prémio de melhor desportista feminina do ano foi, também para uma tenista, com a norte-americana Serena Williams a arrebatar o galardão.

O Laureus de revelação de 2017 foi para o golfista espanhol Sergio García.

O palmarés de equipa do ano foi atribuído à Mercedes-AMG Pretonas, de Fórmula 1. O diretor executivo da equipa, Toto Wolf afirma que "é fantástico estar de volta ao Mónaco. Fomos derrotados pela Ferrari, no ano passado, e mal posso esperar para agarrar agora o troféu".