Última hora

Última hora

Emma Bonino à Euronews: "É preciso relançar o projeto europeu"

Em leitura:

Emma Bonino à Euronews: "É preciso relançar o projeto europeu"

Tamanho do texto Aa Aa

A poucos dias das eleições italianas, a Euronews entrevistou Emma Bonino, antiga Comissária Europeia, várias vezes ministra e antiga vicepresidente do Senado italiano.

Bonino é candidata aos escrutínios pela lista +Europa, de centro-esquerda, próxima do Partido Democrático, de Matteo Renzi.

À Euronews, Bonino falou, em primeiro lugar, do projeto europeu:

"Penso que o projeto europeu deve ser retomado e deve mesmo ser levado mais longe. Em primeiro lugar, porque temos mudanças na cena internacional. Putin, de um lado, Trump, do outro, com a expansão da China, o mediterrâneo e o Sahel a ferro e fogo, a velha Ordem Mundial parece estar a morrer. Mas não temos outra, por agora. E a ideia de que 27 países possam abandonar-se uns aos outros é algo preocupante."

Emma Bonino disse que, em parte do velho continente, é também preocupante a ascenção dos nacionalismos, e não só em Itália.

"Miterrand disse, uma vez, que o nacionalismo é a guerra. Porque começa com uma guerra comercial e não sabemos onde nos leva. Nós esforçamo-nos por explicar aos cidadãos italianos que não é ao fecharmos as fronteiras nem ao sairmos do euro nem graças e nenhuma outra estupidez que vamos ter um futuro melhor".

As eleições gerais têm lugar depois da dissolução do parlamento pelo presidente Sergio Matarella, no final de dezembro passado.