Última hora

Última hora

Novo governo italiano "estará em linha com a Europa"

Em leitura:

Novo governo italiano "estará em linha com a Europa"

Tamanho do texto Aa Aa

Emma Marcegaglia, presidente do BusinessEurope, o organismo que representa federações empresariais europeias, não está preocupada com as eleições em Itália, que poderão representar uma viragem para a ala não-europeísta do país:

"Não estou, particularmente, preocupada porque, se olhar para a história de Itália, ela manteve uma atitude pró-europeia, nunca tivemos um brexit, uma Catalunha e acredito que este país, apesar dos seus defeitos, manterá uma vocação pró-europeia e terá um governo que estará em linha com a Europa", adiantou Marcegaglia.

Questionada sobre quais deverão ser as prioridades do próximo governo, Marcegaglia não tem dúvidas:

"Fortalecer a recuperação que, apesar de ser menor do que a média europeia, não destrói as boas reformas que Itália fez nos últimos 7, 8 anos, e concentrar-se, fortemente, na educação e na formação das pessoas, que é o verdadeiro ponto de partida para superar os desafios do futuro", explicou.

Os italianos, sentem-se, muitas vezes, distantes da Europa, para Marcegaglia a questão é, digamos, ilusória:

"Os deputados europeus, os nossos responsáveis, permanecem, muitas vezes, isolados do resto de Itália talvez porque há a ideia de que a Europa está longe e não é lá que as decisões são tomadas. Mas a realidade é diferente. Muitas coisas que afetam as pessoas, a sua vida e a das empresas são decididas na Europa", frisou a responsável.