Última hora

Última hora

Nicolás Maduro: "ninguém cala a Venezuela"

Em leitura:

Nicolás Maduro: "ninguém cala a Venezuela"

© Copyright :
REUTERS/Marco Bello
Tamanho do texto Aa Aa

Nicolás Maduro quer que a Venezuela participe na próxima Cimeira das Américas e encontrou apoio em vários países da Aliança Bolivariana das Américas.

O Governo do Peru, que recebe a VIII Cimeira nos dias 13 e 14 de abril em Lima, já anunciou que Nicolás Maduro não seria bem-vindo. Uma decisão apoiada pelos Estados Unidos da América e outros países da região.

Na XV Cimeira de Chefes de Estado e de Governo da ALBA, que decorreu em Caracas, o presidente venezuelano afirmou que "não há oligarquia neste planeta" que cale a Venezuela e que esta tentativa do Governo do Peru é "ilegal".

Uma opinião partilhada por Raul Castro. O presidente de Cuba afirma que "rejeitamos a exclusão do presidente Nicolás Maduro da 8ª Cimeira das Américas. Esta decisão ilegal é inaceitável e intervencionista".

A reunião da Aliança Bolivariana das Américas serviu, ainda, para Nicolás Maduro procurar apoio internacional para as eleições presidenciais na Venezuela, marcadas para dia 20 de maio

O país atravessa uma crise profunda, com constantes convulsões sociais e económicas, cinco anos após a morte do líder histórico Hugo Chávez.