Última hora

Última hora

A atriz pornográfica "Stormy Daniels" decide processar Donald Trump

Em leitura:

A atriz pornográfica "Stormy Daniels" decide processar Donald Trump

© Copyright :
Reuters
Tamanho do texto Aa Aa

A atriz pornográfica que terá mantido uma relação extra conjugal com Donald Trump decidiu processar o presidente norte-americano.

Stephanie Clifford, mais conhecida por Stormy Daniels, alega que o contrato de silêncio que assinou para evitar que a relação dos dois viesse a público é afinal um contrato inválido, já que Donald Trump nunca chegou a assiná-lo.

Em Fevereiro, o advogado do presidente norte-americano, Michael Cohen, confirmou que, em 2016, foram pagos 130 mil dólares à atriz para que esta não falasse sobre o caso com Trump.

"Numa transacção privada em 2016, usei os meus fundos pessoais para facilitar o pagamento de 130 mil dólares a Stephanie Clifford", disse Cohen em comunicado.

"Nem a Trump Organization nem a campanha de Trump fizeram parte da transação com a senhora Clifford, e nenhuma das duas me reembolsou pelo pagamento, directa ou indirectamente", acrescentou.

Nesse mesmo ano, Stormy Daniels negou qualquer relação com Donald Trump.

Uma reviravolta na história, já que em 2011, a atriz tinha dito, numa entrevista, que se tinha envolvido com Trump em 2006, enquanto ele já era casado com Melania e esta recuperava do nascimento do filho de ambos.